Mods

Final dos anos 60, Inglaterra… surgiam os Skinheads… vindos de uma evolução de outro movimento, os Mods (abreviação de “modernists”, eram uma galera que deu muito o que falar no início dos anos 60, que curtia lambretas, música negra norte americana – soul, r&b – e jamaicana -ska- etc… Os Mods brigavam com os Rockers, que curtiam jaquetas de couro, motocicletas, rock anos 50 e topetes… Elvis….

 

Mods
Com o tempo, o Mods se dividiram entre o pessoal mais “intelectual” e o pessoal mais proletário, briguento. Os mais “artistas”, apelidados de “Mods de escola de arte”, acabaram dando origem ao psicodelismo (membros de bandas como The Who e Pink Floyd eram mods antes de virarem “psicodélicos”). Os mais “rueiros” (hard mods), exageraram o visual simples do mod original, deixando o cabelo cada vez mais curto e adotando as botas e suspensórios como uniforme, enfatizando sua condição de classe trabalhadora. O ska, que ia aos poucos se transformando no reggae (hahaha), passava a ser a trilha sonora desses “hard mods”, frequentadores de bailes onde rolava música da jamaica (uiuiui!!)… Não havia racismo, pois muitos skins eram negros… Isso durou até o começo dos anos 70… O pessoal com o tempo largou o movimento, muitos ficaram velhos e outros “viraram a cazaca”…. No final dos anos 70, surge o movimento 2 Tone. O 2 Tone (“2 tons”, ou seja, branco e preto, anti-racismo) era o nome dado à nova geração de bandas de ska (Madness, Specials, Selecter, etc) e seus seguidores. As bandas 2 Tone eram influenciadas pelo som skinhead original (Ska e reggae antigo), inclusive tocando covers das favoritas dos bailes de 69. Mas enquanto a 2 Tone estava fazendo seu trabalho combatendo o racismo e o fascismo através do ska, a extrema direita (em especial o “National Front”) começava a se aproximar dos skinheads mais ignorantes… (na verdade acho todos ignorantes)… Enquanto o Sham 69 e outras bandas street punk com fãs skins tocavam em festivais chamados “Rock Against Racism” (rock contra o racismo), organizados por partidos de esquerda, o National Front cria sua própria organização, o “Rock Against Communism”, para apoiar bandas de extrema direita… Desta maneira, nasce o “Skinhead Nazista”, tão conhecido pelo mundo todo. No entanto, a maioria dos skins continuava sem um direcionamento político definido, longe dos fascistas. Sabe-se que nesta mesma época (1979), havia uma banca de skins em Londres chamada “S.A.N.”- “Skinheads Against Nazis”, que queria eliminar a influencia dos neo-nazistas. Bandas de punk rock com membros skins, como os Angelic Upstarts, eram assumidamente esquerdistas e se opunham ao National Front com veemência.

Anúncios

Sobre Josi Vice

Moro em Recife, Pernambuco, onde nasci a 11 de outubro de 1985. Sou latino americano pós- moderno, poeta, cínico, dark, emocional e cerebral, um caranguejo com cerébro pós- Chico, um Nietzscheano sem Nietzsche, com delírios de poeta intelectualóide. Escrevo poesia desde os 15 anos. Sou fissurado em Hentai, Slipknot e Rock´n´Roll e em Literatura, Pop ou qualquer música de boa qualidade. Também adoro navegar pela net e pesquisar na web. Amo ler revistas e artigos, principalmente se for de culura. Esse cara sou eu. Nome real: Josafá César da Silva, mas prefiro Josi Vice ou Joker Vice ou César Vice. Signo: Libra Bandas e cantores preferidos: Slipknot, Beatles, Sex Pistols, Marilyn Manson, Cazuza, Legião Urbna, Elvis Presley, Silver Chair, Echo & The Bunnymen, The Cult, Southern Death Cult, Depeche Mode Poetas Preferidos: Fernando Pessoa, Camões, Marcos Henrique, Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles, Álvares de Azevedo, Augusto dos Anjos, Allen Ginsberg Escritores favoritos: Nietzche, Machado de Assis, Paulo Coelho, Clarah Averbuck, Franz Kafka, Clarice Lispector e John Fante
Esse post foi publicado em Biografia, Blog, Blogalização, Cultura, Estilo musical, Estilos do rock, História cultural, História Musical, movimentos, Movimentos de juventude, Punk, Rock e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s