Grunge

Grunge (às vezes chamado de Seattle Sound,ou Som de Seattle) é um movimento de raízes da música independente, que se tornou comercialmente bem-sucedido, como sendo uma “ramificação” de hardcore punk,heavy metal e rock alternativo no final dos anos 1980 e começo da década de 1990. Bandas das cidades do noroeste dos Estados Unidos, como Seattle, Olympia, e Portland, foram responsáveis pela “criação”, citada a baixo, do grunge e o tornaram popular para a maior parte da audiência. O gênero é muito associado à Geração X, devido ao fato de sua popularização ter ocorrido em seguida ao surgimento desta geração, a qual consiste nas pessoas nascidas nas décadas de 1960 e 1970.

Grunge é o nome dado ao movimento musical de Seattle no fim dos anos 80, um movimento que se diferenciava do Rock que era tocado na época. Foi preciso dar um nome a essa explosão musical que estava se tornando a nova moda, e Grunge ( que quer dizer Sujo em inglês) é esse nome. Grunge é apenas o nome dado pela mídia e adoptado pelo público a essa explosão de banda vindas de Seattle e suas proximidades e nada mais que isso. As bandas na verdade não possuem semelhança musical, cada umas possui influências diferentes e características particulares, porém, como todas enfrentavam a mesma realidade, existe semelhança nos temas e comportamento destas bandas. Associa-se ao grunge, a mídia principalmente, bandas como Alice in Chains, Nirvana, Soundgarden, Pearl Jam, Mudhoney e outras bandas que pegaram carona nesse movimento como Stone Temple Pilots, L7, entre outras . Na maior parte das vezes as letras são depressivas ou melancólicas como nota-se em Nirvana e Alice in Chains, além de trazer um quê de rebeldia, sempre presente no rock, fazendo assim com que as pessoas que se enquadram nestes termos se identifiquem com a música.

Calça rasgada, jeito largado, camisas de flanela quadriculadas, all stars, era como se apresentavam os jovens no início da década de 90 , sendo esta a imagem que até hoje associam ao movimento. Mas não é necessário estar a carácter de algum estilo para segui-lo. “Muitas pessoas acham respostas na religião, outras nas pessoas em volta… O grunge acha na música.”.

Outro ponto que explica a quantidade de bandas na cidade de Seattle pode estar relacionado ao clima sempre chuvoso, transformando as características da cidade em sombria e tediosa. Muitos garotos não tem o que fazer a não ser montar uma banda na sua garagem.

O grunge emergiu como um gênero popular, e sua aceitação pelo público é geralmente entendida como uma reação contra o domínio do hair metal. As bandas de hair metal, como W.A.S.P, Poison e Mötley Crüe estavam dominando as paradas, especialmente nos Estados Unidos, por vários anos. O grunge pode ser identificado como um contraste às letras superficiais e pouco elaboradas do hair metal (Hard Rock dos anos 80) e aos seus riffs monótonos, já sem a genialidade que o Hard Rock teve nos anos 70. No final dos anos 1980, a popularidade do hair metal começava a cair, ao passo que a do grunge começava a subir.

O grunge foi assimilado pela juventude graças ao seu simples caráter desafiador, que era uma provocação às normas da cultura popular da época, vista por muitos como dominada por corporações e superficial.

O Nirvana é geralmente tido como a banda que levou o gênero à consciência popular, (e de certa forma ao contrario da essência despreocupada do grunge, que levou ao rotulo “grunge is dead” pelo próprio Kurt Cobain, (vocalista da banda) em 1991. O sucesso da música “Smells Like Teen Spirit” (do álbum Nevermind) surpreendeu toda a indústria da música. O álbum, segundo da carreira do Nirvana, foi um hit que atingiu o primeiro lugar em todo o mundo. O Pearl Jam, outra banda que começava então a conseguir popularidade, havia lançado seu álbum de estréia, Ten, um mês antes que o segundo álbum do Nirvana, em Agosto de 1991, mas suas vendas só decolaram após o sucesso da banda de Kurt Cobain. Outras bandas populares baseadas em Seattle também serviram como “pilares” do gênero como o Soundgarden, Alice in Chains e Tad, embora bandas de outras regiões, como Stone Temple Pilots, de San Diego, The Nixons, de Oklahoma, o The Smashing Pumpkins, de Chicago, L7 de Hollywood, além de bandas do que seria o embrião do subsequente rótulo pós-grunge como o Silverchair, da Austrália, e a banda britânica Bush também tenham alcançado o sucesso.

Anúncios

Sobre Josi Vice

Moro em Recife, Pernambuco, onde nasci a 11 de outubro de 1985. Sou latino americano pós- moderno, poeta, cínico, dark, emocional e cerebral, um caranguejo com cerébro pós- Chico, um Nietzscheano sem Nietzsche, com delírios de poeta intelectualóide. Escrevo poesia desde os 15 anos. Sou fissurado em Hentai, Slipknot e Rock´n´Roll e em Literatura, Pop ou qualquer música de boa qualidade. Também adoro navegar pela net e pesquisar na web. Amo ler revistas e artigos, principalmente se for de culura. Esse cara sou eu. Nome real: Josafá César da Silva, mas prefiro Josi Vice ou Joker Vice ou César Vice. Signo: Libra Bandas e cantores preferidos: Slipknot, Beatles, Sex Pistols, Marilyn Manson, Cazuza, Legião Urbna, Elvis Presley, Silver Chair, Echo & The Bunnymen, The Cult, Southern Death Cult, Depeche Mode Poetas Preferidos: Fernando Pessoa, Camões, Marcos Henrique, Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles, Álvares de Azevedo, Augusto dos Anjos, Allen Ginsberg Escritores favoritos: Nietzche, Machado de Assis, Paulo Coelho, Clarah Averbuck, Franz Kafka, Clarice Lispector e John Fante
Esse post foi publicado em bandas, Biografia, Blog, Blogalização, Cultura, Estilo musical, Estilos do rock, grunge, História cultural, História Musical, Música, Pop, Punk, Rock, Rock internacional, Rock´n´roll. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Grunge

  1. isabela disse:

    gostei.. + estava procurando realmente caracteristica das musicas, quando são letas ou quando pegam um ritmo + pesado + gostei da versao que esse sit deu !!

    vlw bjao
    grungesss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s