O Hardcore na Europa

Apesar do uso do termo Hardcore ter de fato se popularizado nos Estados Unidos, a Inglaterra também desenvolveu sua versão mais ou menos na mesma época. Lá, já no final dos anos 70 nomes como os U.K. Subs já aceleravam o andamento do Punk e bandas como o Crass radicalizavam a política do movimento, prenunciando o que estava por vir e se diferenciando das primeiras bandas, como Sex Pistols e The Clash.

Mas o marco zero do Hardcore britânico de-facto foi o lançamento do EP “Realities of War”, do Discharge. Com 4 músicas em 5 minutos e letras curtas e grossas (espécies de hai kais punks) sobre guerra e destruição, era o mais brutal pedaço de vinil já produzido pela cena musical inglesa. A imprensa não entendeu e apesar (ou por causa) das resenhas negativas, o lançamento influenciou rapidamente outras bandas a adotarem música e discurse semelhantes, inicialmente o Disorder (cujo primeiro EP “Complete Disorder” saiu no ano seguinte) e pouco depois Chaos UK, Varukers, Chaotic Dischord, e muitas outras.

Algumas bandas, como Exploited e GBH costumam ser ligadas ao Hardcore britânico, mas o som um pouco mais “ortodoxo”, menos direcionamento político e mais “fidelidade” ao punk dos anos 70 tornam sua classificação dentro do gênero um pouco problemática.

Ao contrário do que ocorreu nos EUA, o Hardcore inglês radicalizou tanto na música e política quanto no visual. O couro (ou qualquer outro material) preto, arrebites e espetos tomaram conta da indumentária e os cortes de cabelo passaram a ser ainda mais arrepiados e muitas vezes mais longos, em forma de múltiplos cones.

Este estilo se espalhou rapidamente pela Europa e por volta de 1982, o Hardcore havia tomado conta do velho continente. Bandas como Anti-Cimex, Shitlickers (Suécia), Riistetyt, Kaaos, Rattus (Banda) (Finlândia), Upright Citizens (Alemanha), Eu’s Arse, melancolin e Wretched (Itália), pegavam a base iniciada pelo Discharge e a levavam ainda mais longe e produzindo uma música ainda mais extrema.

Sobre Josi Vice

Moro em Recife, Pernambuco, onde nasci a 11 de outubro de 1985. Sou latino americano pós- moderno, poeta, cínico, dark, emocional e cerebral, um caranguejo com cerébro pós- Chico, um Nietzscheano sem Nietzsche, com delírios de poeta intelectualóide. Escrevo poesia desde os 15 anos. Sou fissurado em Hentai, Slipknot e Rock´n´Roll e em Literatura, Pop ou qualquer música de boa qualidade. Também adoro navegar pela net e pesquisar na web. Amo ler revistas e artigos, principalmente se for de culura. Esse cara sou eu. Nome real: Josafá César da Silva, mas prefiro Josi Vice ou Joker Vice ou César Vice. Signo: Libra Bandas e cantores preferidos: Slipknot, Beatles, Sex Pistols, Marilyn Manson, Cazuza, Legião Urbna, Elvis Presley, Silver Chair, Echo & The Bunnymen, The Cult, Southern Death Cult, Depeche Mode Poetas Preferidos: Fernando Pessoa, Camões, Marcos Henrique, Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles, Álvares de Azevedo, Augusto dos Anjos, Allen Ginsberg Escritores favoritos: Nietzche, Machado de Assis, Paulo Coelho, Clarah Averbuck, Franz Kafka, Clarice Lispector e John Fante
Esse post foi publicado em Biografia, Blog, Blogalização, Estilo musical, Estilos do rock, Hardcore, História cultural, História Musical, Música, Rock, Rock internacional. Bookmark o link permanente.

3 respostas para O Hardcore na Europa

  1. milla luana disse:

    cara essas bandas são de mais

  2. HEY disse:

    pow xó tah faltando fla ou coloca umas fts da banda t.A.T.u. ake néh.. poix é um rock eletronico meio q hardcore meio emo… faix parte do meio…

  3. Rodrigo disse:

    Só um detalhe, é millencolin (Suécia) e não como está lá em cima.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s