Within Temptation

Within Temptation é um banda de metal sinfônico dos Países Baixos, formada em 1996 pelo guitarrista Robert Westerholt e pela vocalista Sharon den Adel. A banda é considerada uma das mais conhecidas liderada por uma mulher, e a partir do álbum The Silent Force começaram a ganhar maior notoriedade na mídia internacional.

No começo de 1996 começa a banda com Robert Westerholt (na guitarra) e Sharon den Adel (nos vocais) depois adicionado Jeroen van Veen (no baixo), Martijn Spierenburg no teclado, o segundo guitarrista Michiel Papenhoeve e Ivar de Graaf na bateria. Eles assinaram um contrato de gravação com a DSFA Records no ano seguinte, e começaram o trabalho para seu primeiro lançamento.

O álbum de estréia Enter foi lançando em 1997, sendo bem aceito. Posteriormente ao lançamento, a banda fez uma grande turnê atravessando os Países Baixos, além de uma apresentação no festival Dynamo Open Air, em Eindhoven, um dos maiores festivais neerlandeses de heavy metal. No mesmo ano, fizeram também uma turnê internacional na Alemanha e Áustria. O gênero musical está diferente dos álbuns posteriores. Segundo a vocalista Sharon Den Adel, em Enter eles misturam um pouco do estilo próprio do Within Temptation com doom metal

Em 1998 a banda continuou em turnê, alcançando o palco principal do festival Dynamo. Apesar disso a banda não lançou material novo, mas apenas o EP The Dance. O ano seguinte foi de descanso para a banda, quando puderam construir seu próprio estúdio e resolver assuntos pessoais.

O ano de 2000 trouxe novamente as turnês, tendo a banda tocado em três festivais neerlandeses: Waterpop, Bospop e Lowlands. Posteriormente, trabalharam no segundo álbum de estúdio, Mother Earth, que recebeu várias críticas positivas da mídia e nas paradas musicais neerlandesas.

 

A banda lançou o compacto “Our Farewell”, que não entrou nas paradas. Em contrapartida, o segundo compacto “Ice Queen” é considerado o estouro da banda. Em 2001 ele se tornou a quarta posição nos Países Baixos e primeira posição na Bélgica, e suas vendas promoveram bastante o álbum.

 

No mesmo ano Michiel Papenhoeve sai da banda e Ruud Adrianus Jolie foi adicionado como segundo guitarrista, o baterista de Graaf foi substituído por Stephen van Haestregt, e Martijn Westerholt foi substituído por Martijn Spierenburg, pois estava sofrendo de mononucleose infecciosa. Westerholt posteriormente formou a banda Delain.

 

A banda atingiu aparições maiores na mídia em 2002 com seu primeiro concerto na França, e um evento na Cidade do México. Obtiveram então seu primeiro prêmio de relevante, o Dutch Silver Harp. A banda embarcou em turnê internacional em suporte ao Paradise Lost em 2003, e relançaram Mother Earth pela GUN Records em mais países europeus. A banda foi particularmente bem aceita na Alemanha, onde recebeu disco de platina e a sétima posição nas paradas nacionais. Regiões do Benelux receberam o lançamento do compacto “Running Up That Hill”, um cover da cantora Kate Bush.

Planos para o terceiro álbum se tornaram realidade em 2004, com o lançamento de The Silent Force em 15 de novembro. A produção de Daniel Gibson se tornou topo das paradas em vários países europeus. Para promoção do álbum, a banda entrou em turnê internacional em 2005. “Stand My Ground” e “Memories”, os primeiros compactos do álbum, ajudaram a promover o lançamento. “Stand My Ground” também foi promovido no trailer do filme Blood and Chocolate.

O álbum The Heart of Everything foi lançado em 9 de Março de 2007 no território europeu e em 24 de Julho de 2007 nos Estados Unidos. Ele marca o novo contrato da banda com a gravadora estado-unidense Roadrunner Records, assinado no final de 2006.

 

No final de fevereiro foi lançado o primeiro compacto, “What Have You Done”. Seu vídeo musical foi gravado em 12, 13 e 14 de dezembro de 2006 no Koko club em Londres, e em um estúdio de computação gráfica em Windsor, com a participação de Keith Caputo (da banda Life of Agony) nos vocais.

 

Em maio, a banda realizou sua primeira turnê pela América do Norte junto com o Lacuna Coil, contando também com as bandas In This Moment, Stolen Babies, The Gathering e Kylesa em uma turnê apelidada “The Hottest Chicks in Metal Tour 2007“. A nova gravadora também lançou um EP de versão limitada intitulado The Howling. O álbum estreou na primeira posição da parada musical neerlandesa, tornando-se o segundo álbum de estúdio da banda a atingir tal marca.

 

O segundo compacto foi “Frozen”, lançado em junho na Europa. O vídeo musical lida com a questão de abuso infantil e foi filmado na Romênia. A arrecadação de suas vendas foram destinadas para caridade, através da organização Child Helpline International.

 

A faixa “The Howling” foi escolhida como um compacto digital lançado no Reino Unido, e outro vídeo musical foi gravado. A versão estendida do compacto conta com um lado B inédito, a canção “Sounds of Freedom”. Ambas as faixas foram incluídas no material para promoção do jogo eletrônico The Chronicles of Spellborn.

Formação Atual:

  • Sharon den Adel – vocal (desde 1996)
  • Robert Westerholt – guitarra (desde 1996)
  • Ruud Adrianus Jolie – guitarra (desde 2001)
  • Jeroen van Veen – baixo (desde 1996)
  • Martijn Spierenburg – teclado (desde 2001)
  • Stephen van Haestregt – bateria (desde 2002)

Membros anteriores:

  • Ivar de Graaf – bateria (1996-1998, 1999-2001)
  • Martijn Westerholt – teclado (1996-2001)
  • Michiel Papenhoeve – guitarra (1996-2001)
  • Jelle Bakker – guitarra (2001)
  • Ciro Palma – bateria (1998-1999)
  • Dennis Leeflang – bateria (1996)
  • Richard Willemse – bateria (1996)
  • Rock Gary – bateria (1996)

Albuns:

  • Enter (6 de abril de 1997, DSFA Records)
  • Mother Earth (21 de agosto de 2001, DSFA Records)
  • The Silent Force (15 de novembro de 2004, GUN Records)
  • The Heart of Everything (12 de março de 2007, Roadrunner Records e GUN Records)

Sobre Josi Vice

Moro em Recife, Pernambuco, onde nasci a 11 de outubro de 1985. Sou latino americano pós- moderno, poeta, cínico, dark, emocional e cerebral, um caranguejo com cerébro pós- Chico, um Nietzscheano sem Nietzsche, com delírios de poeta intelectualóide. Escrevo poesia desde os 15 anos. Sou fissurado em Hentai, Slipknot e Rock´n´Roll e em Literatura, Pop ou qualquer música de boa qualidade. Também adoro navegar pela net e pesquisar na web. Amo ler revistas e artigos, principalmente se for de culura. Esse cara sou eu. Nome real: Josafá César da Silva, mas prefiro Josi Vice ou Joker Vice ou César Vice. Signo: Libra Bandas e cantores preferidos: Slipknot, Beatles, Sex Pistols, Marilyn Manson, Cazuza, Legião Urbna, Elvis Presley, Silver Chair, Echo & The Bunnymen, The Cult, Southern Death Cult, Depeche Mode Poetas Preferidos: Fernando Pessoa, Camões, Marcos Henrique, Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles, Álvares de Azevedo, Augusto dos Anjos, Allen Ginsberg Escritores favoritos: Nietzche, Machado de Assis, Paulo Coelho, Clarah Averbuck, Franz Kafka, Clarice Lispector e John Fante
Esse post foi publicado em bandas, bandas de rock, Biografia, Blog, Blogalização, Gothic, História Musical, Música, Metal, mulheres no rock, New, Rock, rock de calcinha, Rock internacional, rockstars, Roqueiras e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Within Temptation

  1. willian disse:

    caramba!tá na cara que within temptation é uma das melhores e mais conhecidas bandas de gothic metal e simphonic metal de todo o mundo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s