Hole

Hole se formou em los Angeles em 1989 quando Courtney Love colocou um anúncio em um jornal local que dizia “Quero montar uma banda. Minhas influências são Big Black, Sonic Youth e Fleetwood Mac.” A primeira pessoa a responder o anúncio foi Eric Erlandson, 27 anos, que na época trabalhava como balconista na loja Tower Records.

A primeira formação da banda que mais tarde viria a se chamar Hole foi: Courtney cantando e tocando guitarra, Eric na guitarra e a vizinha de Courtney Courtney’s Lisa no baixo, que foi dispensada logo e substituída por Jill Emery. Por fim, Carolyn Rue entrou na bateria.

O primeiro nome da banda foi Sweet Baby Crystal Powered By God

Existem várias versões para justificar o nome Hole (que significa Buraco em inglês). A história mais comum é de que Love tirou o nome da banda da tragédia grega Medéia, de Eurípides. O “buraco” se refere ao vazio interior, e é mencionado várias vezes ao longo da peça. Outra versão é de que a Mãe de Love costumava lhe dizer: “Você não pode andar por aí com um buraco dentro de você”. A última versão tem a ver com a tal imagem “bagaceira” de Love. Muitas pessoas estão plenamente convencidas de que “Hole” é uma referência deliberadamente sexual.

Love conheceu Moreland quando trabalhava como Stripper, em Las Vegas no ano de 1989, e 2 semanas depois se casaram, mas foi um tremendo faracasso, pois ela quis ser uma Dona-de-Casa “Convencional”, e os 2 acabaram se divorciando 2 anos depois, mas o casamento só durou mesmo por alguns meses, “Courtney ficava puta sem motivo, e uma vez, ameaçou pagar 200 dólares a um matador para me acertar”, disse Moreland. ” Tínhamos uma ótima vida sexual, foi isso que nos manteve juntos, mas tento apagar isso de minha memória”, ele acresenta.

Courtney fez plástica nos seios e no nariz.

No começo da banda Eric e Courtney tiveram um relavionamento. Segundo Courtney, “Eric não admite pois eu sou muito feia”.

Patty Schemel é lesbica; começou a tocar bateria porque era uma coisa que poucas mulheres faziam.

A baixista que aparece no clipe de “Doll Parts” é a Jennifer Finch que na época tocava no L7. O Hole precisava de uma baixista só para gravar o clip, pois Kristen Pfaff havia morrido e a banda não tinha encontrado uma baixista permanente ainda.

A primeira baixista do Hole, a Jill Emery, também era artista plástica. A contra-capa do Pretty On The Inside foi ela quem fez.

Caroline Rue resolveu tocar bateria quando viu a Karen Carpenter e os Icebreakers (que têm uma baterista mulher) na tv.

Na manhã do New Music Seminar em 23/07/1993, Kurt sofreu uma overdose de heroína. Courtney injetou nele uma droga ilegal usada para acordar pessoas com overdose. Ele subiu ao palco e fez sua atuação. Ninguém notou nenhuma diferença.

A garotinha da contra-capa do cd Live Through This é Courtney Love com aproximadamente 9 anos.

Antes das Spice Girls serem famosas, elas invadiram o camarim de Courtney Love fingindo fazer parte de uma banda de rock.

Courtney Love foi enxotada do Faith No More porque, segundo os próprios, ela era muito mandona e não conseguia cantar.

Courtney Love parou no meio de um striptease (quando era stripper) porque o DJ estava tocando uma música do Faith No More.

Seus pais eram hippies e o batizaram com o nome LOVE, mais tarde Courtney mudou-o para Michelle.

Ela foi pega diversas vezes quando estava roubando lojas.

Acharam uma garrafa de vodka em sua mochila, na escola, quando ela tinha apenas 12 anos. Mais tarde Courtney foi expulsa do colégio por beber constantemente.

Antes de completar 14 anos, Courtney foi expulsa da escola por embriaguez e internada num reformatório para menores por roubar uma camiseta do Kiss de uma loja de departamento.

Roz Rezzebek, vocalista da banda Theatre of Sheep, foi supostamente o primeiro namorado de Love. Eles se conheceram em Portland, quando Love já estava no meio da cena punk. Dizem que ela cortou os pulsos quando ele a dispensou, e em outro ocasião passou a noite toda gritando do lado de fora da casa dele e em seguida quebrou todas as janelas. Por alguma razão obscura, é um dos temas mais abordados no livro Queen Of Noise.

Seu apelido na escola era “pee girl”, que significa mijona em português. O motivo: sua mãe não lavava seus vestidos, que cheiravam urina.

Courtney aparece na contracapa de Aoxomoxoa, álbum do Grateful Dead editado em ’69.

Aos 16 anos, Love começou a dançar como striper.

Courtney atuou no filme “Sid & Nancy”, fazendo o papel de Gretchen, uma amiga da atriz principal, Nancy. O filme foi um sucesso e ela atuou em “Straight to Hell”, que foi um fracasso.

Courtney conheceu Kurt Cobain no Satyricon Club, em Portland, Oregon.

Love e Cobain se casaram em Waikiki (Hawaii), em 24 de fevereiro de 1992. A comunhão foi oficializada por uma juíza de paz havaiana contratada pela cantora. Cobain usava um pijama verde e branco e pantufas, chorou ao ouvir o termo “marido e mulher”. Love estava usando um vestido que pertenceu à atriz Frances Farmer.. A filha do casal “coincidentemente”, Frances Bean nasceu em 18 de agosto do mesmo ano.

Quando o Nirvana veio para o Brasil, em 1992, Love protagonizou diversas brigas com Cobain. Em uma entrevista para a MTV brasileira, Cobain fez Love ficar quieta, dizendo: “-Cala a boca Yoko!”. Depois, Love jogou as roupas de Cobain pela janela do hotel.

2 meses após a morte de Cobain, Love renovou todo seu guarda-roupa, gastando uma fortuna em vestidos da estilista mod Anna Sui.

Love e Billy Corgan já namoraram, e dizem que ela traiu Cobain com Corgan, e Cobain traiu Love com ele. Corgan e Love eram muito amigos, mas depois do lançamento do CD Celbrity Skin os 2 brigaram feio, e se odeiam. E com tudo isso, Courtney gastou milhões de dólares para colocar o seu nome nos créditos do Celebrity Skin, para ela dizer que fez tudo sozinha sem a ajuda de Corgan.

A Mesma coisa aconteceu com Marilyn Manson, Love e ele eram amigos e estavam fazendo turnê juntos, que se chamava “Rock is Dead”, mas um belo dia, Manson escolheu uma decoração para show, Love não gostou, chorou e os 2 saíram na porrada, o Hole saíu da turnê e Manson mudou o nome da turnê para “Hole is Dead”.

Certa vez, quando iam para um festival nos Estados Unidos, os integrantes do Hole presenciaram um acidente na estrada, ocorrido em frente ao ônibus da banda. Um carro capotou e eles ajudaram as três vítimas – um homem, sua mulher grávida e a mãe dela – levando-as até o ônibus para os primeiros socorros enquanto a ajuda não chegava. Love inclusive ofereceu três ingressos para o show que o Hole faria. Mas provavelmente eles não foram, ‘Nós geralmente ouvimos gospel’, contou a mãe da moça grávida a um jornal.

A atriz Drew Barrymore é a madrinha de Frances Bean Cobain, filha de Courtney Love e Kurt Cobain.

Kim Gordon, baixista do Sonic Youth, produziu o primeiro álbum do Hole, o Pretty On The Inside.

Ao contrário do que muita gente pensa, a mulher da foto capa do cd Live Through This não é a Courtney, e sim a modelo Leilani Bishop .

O perfume preferido de Courtney Love é Fracas.

Dizem que Courtney Love tem um Q.I. de 160.

Courtney perdeu a virgindade aos 16 anos, na época em que vagava por Liverpool com bandas como Teardrop Explodes, Echo And The Bunnymen e Psychedelic Furs. “Tinha todo aquele sangue e gosma escorrendo pela perna”, ela lembra romanticamente.

Love tem sua própria série de guitarras, a Vista Venus, projetada por ela mesma.

Love foi produtora musical de Tank Girl (1995) e co-produziu Not Bad For A Girl (1995).

Courtney Love já foi vocalista do Faith No More, guitarrista do Sugar Baby Doll e baixista do Babes In Toyland.

Eric Erlandson já namorou a atriz Drew Barrymore, grande amiga da Courtney. Os dois se conheceram quando Drew vomitava nos sapatos dele, do lado de fora de um show.

Certa vez Drew disse que “gritaria com grande ferocidade” a qualquer um que disesse qualquer coisa menos que maravilhosa sobre Eric.

O apartamento de Barrymore era decorado por coisas que ela e Erlandson compravam juntos, e ele guardava uma margarida (“daisy”, apelido de Barrymore) de cada lugar que visitava nas turnês do Hole, para ela.

Nos agradecimentos do Celebrity Skin, Eric Erlandson incluiu entre sua família, Drew Barrymore e outras personalidades, os Mutantes (Banda Brasileira dos anos 60, que tinha Rita Lee no Vocal).

Kristen Pfaff estava de viagem marcada para Minneapolis. Depois que sua festa de despedida acabou e os convidados foram embora, ela correu para a banheira para se injetar pela última vez antes de viajar. Morreu de Overdose na banheira de seu apartamento em Seattle no dia 16 de junho de 1994.

O corpo de Pfaff foi encontrado por Eric Erlandson, ex-namorado, ex-companheiro de banda e grande amigo.

Love admitiu que Pfaff não sabia cantar, e que os backing vocals do Live Through This, na verdade não foram feitos por ela.

Melissa Auf Der Maur entrou para o Hole após a morte de Kristen Pfaff. Billy Corgan, que havia conhecido o Tinker quando eles abriram para o Smashing Pumpkins, a indicou para Courtney Love, descrevendo-a como “uma gata que toca de verdade”. Ela nunca tinha ouvido o som do Hole antes e teve apenas uma semana para aprender o material suficiente para um show inteiro, no Reading Festival na Inglaterra, com uma audiência de 60.000 pessoas, imediatamente seguido de uma turnê de dois anos. “Até então, eu me considerava uma baixista abstrata, não muito habilidosa. Fazia coisas estranhas, mas não sabia o que estava fazendo”, disse ela. Entrar para a banda significo deixar sua banda, seu namorado, seu país e o último ano da faculdade de Fotografia – tudo para dedicar seu tempo a uma banda que havia tido mais tragédias do que o normal.

Em 1999 Melissa Auf Der Maur recebe o convite do Smashing Pumpkings para fazer parte da banda. Ela aceita e sai do Hole.

Patty Schemel foi a primeira mulher na capa da Drum World.

Melissa Auf Der Maur ganhou seu primeiro baixo em seu aniversário de 21 anos. Seu pai perguntou o que gostaria de ganhar e ela respondeu: “um baixo”. Ela aprendeu a tocar com um Squier Ace 1975.

Courtney já recusou uma proposta de 1 milhão de dólares para posar nua para a Playboy. “Vocês acreditam que pediram a mim, a puta, para posar nua? Bem, não preciso do dinheiro nem da publicidade”, disse ela. No palco, porém, ela não hesita em mostrar de graça o que escondeu da revista.

Courtney defende o Napster (programa de dowloads de música) e disse que os fãs não trocariam a ótima qualidade de um CD por música de pessíma qualidade em mp3.

O Hole lançou um acústico, o “Unplugged MTV”.

Courtney tem três tatuagens: uma fadinha nas costas próxima ao ombro direito, trevos no tornozelo esquerdo e um k de “kurt” no centro acima da barriga, próximo aos seios.

Pouco antes da morte de Kurt Cobain, ele havia decidido largar o Nirvana e se juntar ao Hole.

Billy Corgan ajudou Courtney a compôr cinco faixas para o álbum Celebrity Skin.

Melissa é formada em fotografia. A maioria das fotos do show do Hole, especialmente no Canadá, em fevereiro de 1999, foram tiradas por ela. Há uma foto que foi feita para uma revista, com fotos tiradas por famosos, na foto, tirada por ela mesma, mostra ela nua, com sangue escorrendo pelo seu corpo, com a frase “Quando estou triste, meu nariz sangra!”

A primeira música que Melissa tocou baixo no Hole, foi para o single e trilha sonora do filme “O Corvo”, a música Gold Dust Woman, que em seguida dava crédito para ela gravar Celebrity Skin inteiro com a banda.

Melissa largou sua vida toda, o Canadá, o namorado, a família e os amigos e os seus últimos anos na faculdade de fotografia, para ficar com o Hole.

Melissa já ganhou um prêmio de melhor baixista, em 1999, no Gibson Awards.

Courtney disse que Eric foi o melhor namorado que ela já teve.

Eric ama Ruth Gordon e a guitarra veleno vintage.

O título do segundo álbum do Hole, Live Through This, é meio irônico e profético. Foi lançado pouquíssimo tempo após a morte de Kurt e logo depois do lançamento Kristen foi encontrada morta. Em tempo: o título significa algo como “supere isso”.

Segundo a revista inglesa Kerrang!, a letra de Doll Parts é tão profética quanto o título do álbum Live Through This. Motivo: ao ler a letra tem-se a impressão de se estar lendo um desabafo de uma viúva passando por uma dor terrível.

O vídeo clipe de Violet foi filmado no Jumbo’s Clown Room, onde Courtney fazia strip tease antes do Hole. Antigas colegas de trabalho de Courtney disseram que quando ela subia ao palco, o local esvaziava, pois suas apresentações eram totalmente largadas e toscas. A cantora teve que fazer strip para o vídeo, mas ela ainda é tão desengonçada que foi chamado um “professor” para ensinar Courtney como se portar no palco e se mover sugestivamente, mas segundo ele, apenas uma bela edição faria a apresentação ficar legal no vídeo.

O apelido de Samantha é Sammy Lee, devido ao fato da baterista ser fanática pela banda Motley Crue e ter em Tommy Lee, o batera do Motley, um herói e grande influência.

Sam nunca tinha escutado uma música do Hole antes de entrar pra banda. Hoje em dia ela diz não se perdoar por não ter comprado o cd Live Through This antes.

Samantha aparaeceu na série de TV V.I.P., com Pamela Anderson. Elas tocaram uma música e Sam se apresentou como guitarrista do Hole.

Eric e Melissa tinham uma banda juntos fora do Hole. Se chama Cokpit e eles participaram de um álbum tributo ao Cheap Trick em 1995 ou 1996.

Com Courtney no baixo, Patty na bateria e Eric e Pat Smear nas guitarras, o Hole participou do tributo à banda The Germs sob o nome de The Holez.

Quando o vocalista do Stone Temple Pilots foi preso por porte de drogas, ele pediu à Courtney Love que lesse uma carta aos fans expressando sua “vergonha e tristeza” na rádio californiana K-ROQ. Vai entender…

Kid Rock convidou Courtney para estrelar o vídeo clipe de sua música Cowboy. Love disse que participaria, contanto que ele não desse a ela o papel de vadia, ela só toparia se fosse heroína. Ele disse “Então que tal uma heroína vadia?” e Courtney disse: “Heroínas vadias são legais.” Mas ela recusou o convite no fim das contas.

Courtney é absolutamente louca pela série de TV Dawson’s Creek. Ela disse que pretente aparecer em um episódio da série um dia.

Beautiful Son é uma música sobre Kurt e como Courtney adorava que ele se vestisse de mulher. Ela pôs uma foto de Kurt de quando ele tinha 4 anos na capa do single. (“ele tinha fitas no cabelo: e batom por toda parte: você fica bem no meu vestido: meu filho lindo”, Courtney canta na música).

Drunk in Rio (também conhecida como Stay a While ou It’s Closing Soon) e Miss World são algumas das músicas escritas por Courtney enquanto esteve no Brasil acompanhando o Nirvana.

Dave Grohl tocou bateria na música Jennifer’s Body do CD Live Through This. Patty ficou doente e não pôde ir às gravações.

Joey Ramone, Christina Aguilera (!!!), Shirley Manson & Butch Vig (Garbage), Tom Hanks e Tim Armstrong do Rancid são grandes fãs de Courtney e do Hole.

Michael Stipe, Drew Barrymore e Pat Smear são os melhores amigos de Courtney. Drew também é ex de Eric.

Courtney Love chamou atenção ao parecer de surpresa no funeral de Joe Strummer (líder do The Clash). De acordo com a imprensa americana, depois de ser barrada na porta, ela acabou dando um jeito de entrar e se atirou em cima do caixão.

Pelo menos 8 músicas do Hole foram incluídas em trilhas sonoras de filmes. Algumas delas: Rock Star (do filme Beleza Roubada), Drown Soda (Tank Girl), Dicknail (Nowhere), Gold Dust Woman (Um cover do Fleetwood Mac. O Corvo 2: Cidade dos Anjos), Heaven Tonight (Nunca fui Beijada), Celebrity Skin (American Pie), Be a Man (Um domingo qualquer) e It’s All Over Now, Baby Blue (Um cover do Bob Dylan. Corvo: Salvação).

Em 1995, quando a banda viajou para tocar em festival australiano, Courtney foi presa em um vôo de Brisbane a Melbourne. Porque ela disse @#%$ dentro do avião.

Caroline Rue foi encontrada e convidada a entrar no Hole por Courtney Love e Eric Erlandson no backstage de um show do Gwar em 1989.

Até os 4 ou 5 anos, Caroline não falava porque achava que a sua boca ficava engraçada quando ela falava.

Enquanto tocava com os Decadents, Jill Emery chamou a atenção de Eva O. das Super Heroines: “Ela era ótima, ela estava toda no chão, eu a queria muito. Seu nome era Jill Emery. Pensei, ‘ela TEM que entrar pra minha banda!!”. Depois desse show, Eva a convidou, e Emery, que já as conhecia, disse que topava se pudesse levar o baterista dos Decadents, Steve Darrow, com ela. Eva aceitou a proposta. Durante a gravação do álbum Souls That Save, Steve foi substituído por China (Christian Death). Suspeita-se de que Steve e Jill estivessem “envolvidos romanticamente”.

Jill Emery deixou o Hole abruptamente depois de um show em Los Angeles em 1992, e imediatamente se juntou a Eva e Rozz Williams (companheiro de sua outra banda, Super Heroines, atualmente no Christian Death) numa nova banda, Shadow Project. Em 1993 ela entrou para o Mazzy Star.

Courtney Love perdeu a guarda da filha duas vezes. A primeira ocorreu em 1993, depois que ela declarou à revista Vanity Fair que consumiu heroína durante a gravidez. A custódia da menina foi recuperada poucos meses depois. Na segunda, em 2003, a cantora havia sido presa por porte e abuso de drogas. Os direitos sobre a criança voltaram às mãos da roqueira 15 meses depois.

Para entrevistar Courtney Love, é necessário assinar um documento que proíbe perguntas sobre Kurt Cobain durante o curso da entrevista. O documento é assim: “Eu, abaixo assinado, durante o curso da entrevista, concordo em me abster de fazer qualquer pergunta sobre os seguintes assuntos: Kurt Cobain, o filme Kurt & Courtney, as vidas pessoais de qualquer um dos integrantes da banda e qualquer outro rumor sensacionalista ou meia-verdade a respeito de Courtney e do Hole.”

A Courtney aparece no clipe de I Wanna Be Sedated, dos Ramones. Ela é a noiva loira que fica andando pelo fundo do cenário. Segundo o kittyradio, foi ela mesma quem confirmou a participação no clipe.

O Hole acabou em 2002.

Sobre Josi Vice

Moro em Recife, Pernambuco, onde nasci a 11 de outubro de 1985. Sou latino americano pós- moderno, poeta, cínico, dark, emocional e cerebral, um caranguejo com cerébro pós- Chico, um Nietzscheano sem Nietzsche, com delírios de poeta intelectualóide. Escrevo poesia desde os 15 anos. Sou fissurado em Hentai, Slipknot e Rock´n´Roll e em Literatura, Pop ou qualquer música de boa qualidade. Também adoro navegar pela net e pesquisar na web. Amo ler revistas e artigos, principalmente se for de culura. Esse cara sou eu. Nome real: Josafá César da Silva, mas prefiro Josi Vice ou Joker Vice ou César Vice. Signo: Libra Bandas e cantores preferidos: Slipknot, Beatles, Sex Pistols, Marilyn Manson, Cazuza, Legião Urbna, Elvis Presley, Silver Chair, Echo & The Bunnymen, The Cult, Southern Death Cult, Depeche Mode Poetas Preferidos: Fernando Pessoa, Camões, Marcos Henrique, Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles, Álvares de Azevedo, Augusto dos Anjos, Allen Ginsberg Escritores favoritos: Nietzche, Machado de Assis, Paulo Coelho, Clarah Averbuck, Franz Kafka, Clarice Lispector e John Fante
Esse post foi publicado em alternativo, bandas, bandas de rock, Bandas dos Estados Unidos da América, Biografia, Blog, Blogalização, Cantoras, Cantores, Drogas e rock´n´roll, história do rock, História Musical, Música, mulheres no rock, Punk rock, Rock, Rock Alternativo, rock de calcinha, Rock internacional, Rock´n´roll, rockstars, Roqueiras, Roqueiros, Sexo, Drogas e Rock´n´roll, Vocal Feminino, vocalistas e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Hole

  1. Nathalia Rosa disse:

    Hole eh demais,COURNTEY É DEMAIS… (L)

  2. ana yngrind de carvalho disse:

    eu amo hole

  3. ana yngrind de carvalho disse:

    nathalia aki eh a aninha johns..lembra??
    ´nós amamos hole….
    nathalia rosa viu..

  4. stephan brinicky disse:

    ana eu te amo…
    vc eh tudo pra mim…tudo mesmo..
    pq vc se faz de algo q vc naum eh sua idiota??
    pq vc faz isso cmg..eu te adoro sua estupida

  5. stephan brinicky disse:

    eu toco numa banda q se chama skill face…
    eu…johnny..ricardo e rique…
    grunge is not dead…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s