Dark Psytrance

É uma subvertente do Psychedelic Trance(Trance psicadélico) que possui um caráter sombrio, escuro e sinistro, ao contrário do Morning Trance que tem melodias bem alegres. Caracteriza-se por apresentar efeitos curtos e rápidos, batidas que variam de 140-200 bpm sem uma melodia pegajosa de sintetizador, baixo reto ou em alguns casos ‘grooveado’, bumbo(kick) pesado e samples (amostras de som) macabros de filmes como: gritos, risadas, sons de animais, interjeições. Geralmente se ouve nas noites das festas, algumas festas podem durar várias horas com a mesma subvertente chegando ao entardecer, como é o caso dos sets de Goa Gil. Além disto, apresenta sintetizadores característicos de efeitos de terror em filmes e cada música tem uma cadência bem diferenciada, podendo ser dançante ou não (nos casos mais pesados ou muito acelerados).

O Dark se divide em:

Weird: é a variação mais sombria, barulhenta e bizarra do dark trance. Com um pitch muitas vezes bem acelerado, chimbais continuos e samples aterrorizantes, proporciona um som massacrante para quem não aprecia o gênero.

Exemplo: Celsung, Catatonic Despair, Evilcore, Xikwri Neyrra, Kryptum, Abaddon Chaos Madness, Bug Funk, Dark Hallik

Twisted: Som grooveado que apresenta efeitos rápidos e sons tecnológicos. Envolve maior uso de técnicas.

Exemplo: Kindzadza, Cosmo, Highko, Electrypnose

BPM: 148-160

Atualmente, muitos projetos têm se caracterizado por ter altos bpms(acima de 150). Essa tendência apresenta um grande propagação de sons em pequenos intervalos de tempo, como também o uso de efeitos como o de repetição (loop) e ‘reverse’. Ainda assim, projetos como Xenomorph e Ghreg On Earth preferem se manter em bpms mais baixos e serem darks apenas na atmosfera e composição da música.

A subvertente é caracterizada por ser pouco comercial e tende a ser uma música mais trabalhada (as camadas e a relação entre os elementos). Desta forma, essa ela é mais underground e é menos tocada em grandes eventos populares (mainstream).

Nacionais

Alumurmur, Bash, Baphomet Engine, Becoming Intense, Cannibal Barbecue, Cetranlien, Chaos Theory, Chipset, Dark Hellboys, Demonizz, Duophonix, Ghastly Tentacles, Insect Seeker, Karmazon, Kernel Panic, Made in Space, Minimal Criminal, Magma Ohm, Necropsycho,Vegetality, Neo Vox, Onionbrain, Psynatorium, Stereographic, Sucubbus, Woogie Boogie, Zartrox.

Internacionais

Abaddon Chaos Madness, Acid Goblins, Alien Mental, Amanda, Atriohm, Baal, Blisargon Demogorgon, Bug Funk, Battle of the Future Buddhas, Catatonic Despair, Celsung, Claw, Cosmo, Crying Orc, Dark Elf, Dark Hallik, Dark Hellboys, Dejan, Electrypnose, Encephalopaticys, Fearkiller, Furious, Freaking, Galaxy Madness, Ghreg on Earth, Gorump Peyya, Grapes Of Wrath, Hallucinogenic Horses, Hishiryo, Hokus Pokus, Horror Place, Isentropic, Jahbo, Jelly Headz, Jun, Ka-Sol, Kalilaskov AS, Kemic-Al, Kerosene Club, Kindzadza, Kiriyama, Kryptum, Matutero, Metallaxis, Mind Distortion System, Mubali, Mussy Moody, Naked Tourist, Noise Gust, Nyarlthotep, Ocelot, Orestis, Osom, Olien, Paranoize, Penta, Phobium, Phobos Azazel, Polyphonia, Psilo Cowboys, Psycho Wizard, Red Eye Jedi, Samadhi, Savage Scream, Silent Horror, Sykoroknyx, Syzygy, Technical Hitch, Terminator, The Fractal Saddhus, The Many Faces, The Nommos, Traskel,Trip_Switch, Wizack Twizack, Wizard Lizard, Xikwri Neyrra, Xyla, Zalabim, Zik , Evilcore [Portugal]

DJS

Nacionais

Thomas, Rodrigo CPU, Morus, Boteon, Janczur, Paula, Sutemi, Hage, Deejoker, Manash, Zoim, Viper, Barows, Controle, Fino, Bone, Vorax, Farah, Matuska, Gopan, Sayko,Madnezz.

Internacionais

Goa Gil

DJ Paulo Lopes – DJ português que é deficiente visual, por isso tem os outros sentidos apurados, e um dos pioneiros do Psy Trance em Portugal e no Brasil.

Deve-se ter em mente que não existe (e nunca existirá) uma metodologia estabelecida para a subdivisão do psytrance em diferentes sub-gêneros, e os artistas são livres para criarem músicas que podem se enquadrar em diferentes sub-gêneros, de forma que determinado artista pode ter músicas classicadas em diferentes estilos. Vale lembrar também que a classificaçao de um artista em um ou outro gênero ou sub-gênero é algo completamente relativo e pessoal.

Anúncios

Sobre Josi Vice

Moro em Recife, Pernambuco, onde nasci a 11 de outubro de 1985. Sou latino americano pós- moderno, poeta, cínico, dark, emocional e cerebral, um caranguejo com cerébro pós- Chico, um Nietzscheano sem Nietzsche, com delírios de poeta intelectualóide. Escrevo poesia desde os 15 anos. Sou fissurado em Hentai, Slipknot e Rock´n´Roll e em Literatura, Pop ou qualquer música de boa qualidade. Também adoro navegar pela net e pesquisar na web. Amo ler revistas e artigos, principalmente se for de culura. Esse cara sou eu. Nome real: Josafá César da Silva, mas prefiro Josi Vice ou Joker Vice ou César Vice. Signo: Libra Bandas e cantores preferidos: Slipknot, Beatles, Sex Pistols, Marilyn Manson, Cazuza, Legião Urbna, Elvis Presley, Silver Chair, Echo & The Bunnymen, The Cult, Southern Death Cult, Depeche Mode Poetas Preferidos: Fernando Pessoa, Camões, Marcos Henrique, Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles, Álvares de Azevedo, Augusto dos Anjos, Allen Ginsberg Escritores favoritos: Nietzche, Machado de Assis, Paulo Coelho, Clarah Averbuck, Franz Kafka, Clarice Lispector e John Fante
Esse post foi publicado em alternativo, Blog, Blogalização, Cultura, Dark, E-Music, Estilo de vida, Estilo musical, História cultural, História Musical, indie, juventude, Música, Música eletrônica, movimentos, Movimentos de juventude, music, New e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Dark Psytrance

  1. Beto disse:

    Texto interessante como referência, bom o Post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s