Madonna

madonna 

Madonna Louise Veronica Ciccone Ritchie (Bay City, Michigan, 16 de agosto de 1958), conhecida simplesmente como Madonna, é uma cantora, compositora, dançarina, produtora musical e cinematográfica, atriz e escritora estadunidense. Vencedora de oito Prêmios Grammy, e de um Globo de Ouro e dois Oscar. Em 11 de Março de 2008 Madonna, entrou para Hall da Fama do Rock and Roll título americano cedido aos artistas que fazem história e tem grande importância e influência no mundo da música por no mínimo 25 anos. Madonna adquiriu muitos Prêmios ao Longo de sua Carreira e este soma um pouco mais de 120 Prêmios, sendo uma das cantoras mais premiadas no mundo da música, segundo a Agência FamaPress. Madonna é mais conhecida pelas polêmicas que causa ao misturar temas políticos, sexuais e religiosos à sua obra.

Desde o início de sua carreira em 1982, Madonna tem lançado vários discos e singles e vendeu mais de 280 milhões de álbuns e 150 milhões de singles no mundo inteiro, tornando-se a cantora feminina que mais vendeu na história da música mundial. Em 2006, a Billboard divulgou que a sua turnê de 2006, Confessions Tour, é a turnê feminina que mais arrecadou na história. De acordo com o Guinness Book of Records e com a Revista Forbes, ela é a cantora mais rica do mundo com uma fortuna estimada em US$ 850 milhões de dólares, e o Guinness Book of Records, listou Madonna como a Artista Feminina mais Bem Sucedida de Todos os Tempos.

Madonna é chamada constantemente por “Material Girl” e “Rainha do Pop”, devido às suas vendas notórias e sua influência inigualável na história da música.

Madonna nasceu às 7h09 da manhã no hospital Bay City Mercey na cidade de Bay City. Os seus pais viviam em Pontiac, subúrbio de Detroit, mas a mãe de Madonna tinha decidido visitar a avó em Bay City nos dias próximos ao seu nascimento.

O pai de Madonna, Silvio P. Ciccone, era um engenheiro da Chrysler, natural dos Estados Unidos, mas de antepassados oriundos de Pacentro, na Itália. A mãe de Madonna, Madonna Louise Fortin, tinha raízes no Quebec e na França. Madonna tem quatro irmãos (Martin, Mario, Christopher e Anthony) e três irmãs (Melanie, Paula e Jennifer).

Madonna passou a sua infância em Pontiac e mais tarde em Rochester Hills (outro subúrbio de Detroit). Foi educada no catolicismo, que mais tarde abandonou. Quando Madonna realizou o crisma tomou o nome Veronica, que é por vezes apresentado como parte integrante do seu nome civil. Em Dezembro de 1963, quando Madonna tinha cinco anos, a sua mãe morre de câncer da mama aos trinta anos de idade. O pai voltará a casar com Joan Gostafson, contratada como empregada da família após a morte da mãe de Madonna, que é sua esposa até hoje.

Contra a vontade do pai, Madonna começa a ter aulas de dança aos catorze anos, tendo sido seu professor Chrystopher Flynn. Frequentou a Rochester Adams High School, onde se distinguiu como boa aluna (QI 140) e membro da equipe de “cheerleaders”. Concluiu o ensino secundário em 1976, tendo prosseguido os seus estudos na Universidade do Michigan no curso de dança. Encorajada por Flynn Madonna abandona o curso e com apenas 35 dólares muda-se para Nova Iorque com o objetivo de seguir uma carreira de bailarina.

Durante este período da sua vida passou por dificuldades económicas, tendo frequentemente dependido da ajuda dos amigos. Em 1979 integrou a digressão mundial do cantor disco Patrick Hernandez (conhecido por seu único sucesso, “Born to be alive“), durante a qual conheceria em Paris Dan Gilroy, que seria seu namorado e junto com o qual fundaria, já em Nova Iorque, a banda “Breakfast Club”.

Por volta de 1980 a banda “Breakfast Club”, onde Madonna foi baterista, guitarrista e vocalista, tinha terminado. Depois do fim da banda, Madonna criou outra, a “Emmy”, com um antigo namorado, Stephen Bray. Os dois brevemente decidem afastar-se da “Emmy” e começam a trabalhar em conjunto em canções.

Em 1981, devido a dificuldades financeiras, Madonna participou como “vocal de apoio” em três canções do cantor alemão Otto Von Wernherr (“Wild Dancing”, “Cosmic Climb” e “We Are The Gods”). Mais tarde, quando Madonna se tornou famosa, Otto seleccionou as pequenas frases cantadas por Madonna e lançou-as como “canções”.

Entretanto, uma cassete com as canções que Madonna criou com Bray chegou às mãos do produtor e DJ Mark Kamins que a entregou à editora discográfica Sire Records, que contratou Madonna em 1982.

“Everybody”, o primeiro single de Madonna, produzido por Mark Kamins, foi lançado no mercado em finais de 1982, tendo se tornado um pequeno sucesso nos Estados Unidos. Em seguida são lançadas as canções “Burning Up” e em Junho de 1983,”Holiday”, música produzida por Jellybean Benitez. Em Julho de 1983 foi lançado o primeiro álbum da artista, Madonna, relançado em 1985 no mercado internacional com o título The First Album.

O seu segundo álbum, Like a Virgin é lançado em novembro de 1984 e a faixa título apresentada no primeiro MTV Video Music Awards onde Madonna surgiu de um bolo vestida de noiva, seguindo-se uma performance na qual a cantora acabaria por rolar pelo chão. A apresentação foi considerada muito ousada para os padrões da época e a imagem de Madonna ficou marcada por tal episódio. A música permaneceu durante seis semanas no topo das paradas de sucesso.

Em 1985 Madonna conquistou fama mundial com os sucessos “Material Girl” e “Crazy for You”. Em Julho do mesmo ano estréia o filme Procura-se Susan desesperadamente (em Portugal, Desesperadamente à procura de Susan) no qual Madonna ofuscou a protagonista, Rosanna Arquette. Aos 13 de Julho de 1985, participa da edição do Live Aid, evento organizado por Bob Geldof, que pretendia angariar fundos para resolver a crise de fome que se vivia na Etiópia. Também nesse ano, Madonna se casa com Sean Penn (no dia do seu vigésimo sétimo aniversário) e estréia sua primeira turnê nos Estados Unidos e Canadá, a The Virgin Tour.

No começo de 1986, Madonna iniciou uma colaboração com Patrick Leonard que se prolongaria até finais da década de oitenta e da qual nasceram muitas das canções mais conhecidas da artista. Em Agosto de 1986 foi lançado o disco True Blue, que vendeu 7 milhões de cópias só nos Estados Unidos[1]. Em Novembro do mesmo ano surge o seu segundo filme, “Shanghai Surprise”, que não teve o sucesso de audiências e de crítica semelhante ao que Madonna encontrou com o primeiro.

Apesar do fracasso cinematográfico, em 1987 Madonna protagoniza o filme “Quem é essa garota?”, no qual interpreta uma ex-presidiária, que foi acompanhado pela trilha do filme enquanto sai na sua primeira turnê mundial com mesmo nome (“Who´s that girl Tour”). Madonna passaria a maior parte do ano de 1988 a ensaiar e a trabalhar no seu primeiro papel no mundo do teatro, na peça “Speed:the plow”, tendo sido convidada pelo dramaturgo e cineasta David Mamet para protagonizar o projeto. Em Dezembro deste ano, Madonna pede o divórcio de Sean Penn.

Em 1989, é lançado o disco Like a Prayer, aclamado pela crítica, que sempre se tinha mostrado relutante em relação a Madonna e no qual se juntavam elementos da música pop, dance e rock. O videoclipe da faixa título do disco gerou polémica pelo fato da artista se envolver romanticamente com um santo negro em uma igreja, com referências a símbolos do catolicismo, como os estigmas de Cristo. Além de dançar sensualmente com cruzes queimando ao fundo, numa alusão ao Ku Klux Klan, o clipe da canção acabou por motivar os executivos da marca de refrigerantes Pepsi a cancelar um comercial que a cantora gravou com a canção como trilha. Contudo, Madonna não foi obrigada pela marca de refrigerantes a devolver os cinco milhões de dólares que recebeu segundo o estabelecido no contrato. Outros sucessos do álbum Like a Prayer foram “Express Yourself” e “Cherish”.

Em 1990 Madonna regressou ao mundo do cinema com o filme Dick Tracy, no qual desempenhou o papel de Breathless Mahoney, lado a lado com o ator Warren Beatty, com quem manteve uma relação amorosa. O filme foi acompanhado por uma triilha-sonora, o disco I’m Breathless: Music from and Inspired by the Film ‘Dick Tracy’, onde foi também incluída a canção “Vogue”. Uma das canções do disco, “Sooner or Later (I Always Get My Man)” ganhou o Oscar de melhor canção original e foi interpretada por Madonna na cerimônia de entrega dos prêmios em 1991. Seu acompanhante naquela noite foi ninguém menos que Michael Jackson.

No final do ano, Madonna lançou a sua primeira coletânea de sucessos, The Immaculate Collection. Além de quinze sucessos dos anos 80, Madonna incluiu duas novas canções, “Justify My Love” (escrita e produzida em parceira com Lenny Kravitz) e “Rescue Me”.

O videoclipe de “Justify My Love” foi banido na MTV devido ao seu conteúdo erótico. A gravadora de Madonna decidiu lançá-lo comercialmente, tornando-se o primeiro vídeo single já lançado (no formato VHS) e vendendo mais de 400.000 cópias apenas nos EUA.

Em 1991, Madonna lançou o documentário “Truth or Dare” (título nos EUA)/”In Bed with Madonna” (título internacional) (“Na Cama com Madonna”) no Festival de Cinema de Cannes, no qual se mostravam os bastidores da turnê mundial “Blond Ambition Tour”.

A 21 de Outubro de 1992, Madonna lançou o livro Sex, um trabalho com fotografias de Steve Meisel, onde na maioria a cantora está nua, sozinha ou com celebridades como Isabella Rossellini, Naomi Campbell e o rapper Vanilla Ice, em situações que retratavam fantasias eróticas da cantora (algumas das quais de carácter sadomasoquista, vouyer, lésbica e pansexual). Imagens como a da cantora pedindo carona em estradas americanas, exibindo seu recente dente de ouro, chicotes, correntes e máscara e unhas negras acabaram por contribuir para o período mais escandaloso de sua carreira. Ainda no mesmo ano, lança um novo disco, Erotica, de onde foram extraídos novos sucessos, como “Deeper and Deeper”, “Rain” e a própria faixa título, de novo acompanhada por um video controverso devido ao seu conteúdo erótico. No ano seguinte a cantora visitaria pela primeira vez o Brasil com sua turnê “The Girlie Show”, com shows esgotados nos estádios do Morumbi (São Paulo) e do Maracanã (Rio de Janeiro).

Depois da controvérsia, Madonna volta ao público com um novo álbum, dessa vez mais calmo e romântico. Bedtime Stories é lançado em 1994 com grandes sucessos como “Secret”, “Take a Bow”, “Bedtime Story”, e uma canção na qual a artista se dirige a todos os que a criticaram anteriormente, “Human Nature” (onde canta Ops, eu não sabia que não poderia falar de sexo, não estou arrependida, é a natureza humana).

Em 1995, foi lançada a primeira colectânea romântica, Something to Remember, com as baladas mais famosas e faixas inéditas: “You’ll see”, “One More Chance”, “I Want You”.

Em 1996, Madonna ficou grávida do seu treinador pessoal, Carlos León. No dia 14 de Outubro daquele ano, deu à luz a sua filha, Lourdes Maria Ciccone Leon, que Madonna trata por “Lola”. A escolha do nome Lourdes esteve relacionada com o fato da mãe de Madonna ter recebido durante a sua doença pequenas garrafas de água do santuário católico de Lourdes, em França.

 

Em seguida Madonna estrelou o filme mais marcante de sua carreira, Evita, no qual ela encarna a ex-primeira-dama argentina Eva Perón. O filme concorreu a várias indicações a premiações de cinema, como Oscar e Globos de Ouro. Madonna venceu o Globo de Ouro pelo seu desempenho e um Oscar de melhor canção original por You must love me, escrita especialmente para o filme.

Em 1998, depois de quatro anos sem lançar um álbum inédito, Madonna reaparece aparentemente mais madura, com um estilo musical novo. O álbum Ray of Light reflete influências da música techno com toques de guitarra e violão em camadas de produção do estilo chamado ambient, misturados com uma estética de cunho místico extraída de religiões como o hinduísmo e budismo, bem como da tradição mística do judaísmo, a Cabala, da qual se tornou uma estudiosa. A nível das letras estas revelam-se mais pessoais e a voz de Madonna, depois da experiência musical de Evita, mostra mais afinação, vibração e visceralidade em contraste com seu timbre sem potência e infantil. Ray of Light, disco cujo principal produtor foi William Orbit, foi o álbum mais aclamado pela crítica depois de Like a Prayer. Com esse álbum, Madonna ganhou vários prêmios, entre os quais quatro Grammys. “Frozen”, “Ray of Light”, “The Power of Goddbye” e “Nothing Really Matters” (cujo video a cantora retrata as gueixas do romance que daria origem ao filme Memórias de uma Gueixa) foram os sucessos mundias.

Também em 1998, Madonna acompanhou a Copa do Mundo de 1998 de futebol. O jogador chileno Iván Zamorano despertou sua atenção a ponto dela chamá-lo de “símbolo sexual da Copa do Mundo”.

Em 1999, foi sucesso a canção “Beautiful Stranger”, da trilha-sonora do filme “Austin Powers: The Spy Who Sagged Me”, vencedora da categoria de melhor vídeo de trilha-sonora no Video Music Awards da MTV.

Mais sobre a Madonna?

https://escoladorock.wordpress.com/2008/03/18/madonna-anos-2000/

Sobre Josi Vice

Moro em Recife, Pernambuco, onde nasci a 11 de outubro de 1985. Sou latino americano pós- moderno, poeta, cínico, dark, emocional e cerebral, um caranguejo com cerébro pós- Chico, um Nietzscheano sem Nietzsche, com delírios de poeta intelectualóide. Escrevo poesia desde os 15 anos. Sou fissurado em Hentai, Slipknot e Rock´n´Roll e em Literatura, Pop ou qualquer música de boa qualidade. Também adoro navegar pela net e pesquisar na web. Amo ler revistas e artigos, principalmente se for de culura. Esse cara sou eu. Nome real: Josafá César da Silva, mas prefiro Josi Vice ou Joker Vice ou César Vice. Signo: Libra Bandas e cantores preferidos: Slipknot, Beatles, Sex Pistols, Marilyn Manson, Cazuza, Legião Urbna, Elvis Presley, Silver Chair, Echo & The Bunnymen, The Cult, Southern Death Cult, Depeche Mode Poetas Preferidos: Fernando Pessoa, Camões, Marcos Henrique, Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles, Álvares de Azevedo, Augusto dos Anjos, Allen Ginsberg Escritores favoritos: Nietzche, Machado de Assis, Paulo Coelho, Clarah Averbuck, Franz Kafka, Clarice Lispector e John Fante
Esse post foi publicado em Biografia, Blog, Blogalização, Cantoras, Cultura, Cultura musical, História cultural, História Musical, Música, music, Pop, Popstars, Rock´n´roll, Visual, Vocal Feminino, vocalistas e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Madonna

  1. Pingback: Madonna, Rainha do Pop, no Rock’n Roll Hall Of Fame e de novo CD « Escola do Rock

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s